Luxo, política, esporte e cultura marcam primeira noite de desfiles no RJ; veja

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2016 02h10
Escolas levantaram o público presente no primeiro dia de desfiles do RJ

O primeiro dia de desfiles na Marquês de Sapucaí ocorreu majestosamente e contou com as seis primeiras escolas do Grupo Especial na madrugada de domingo (07) para segunda-feira (08). Entre os temas religiosos, esportivos e culturais, as agremiações cariocas levaram o público ao delírio com belíssimas apresentações.

Desfilaram nesta madrugada: Estácio de Sá, União da Ilha do Governador, Beija-Flor de Nilópolis, Acadêmicos do Grande Rio, Mocidade Independente de Padre Miguel e Unidos da Tijuca. Na segunda noite de desfiles pisarão na avenida as escolas: Unidos de Vila Isabel, Acadêmicos do Salgueiro, São Clemente, Portela, Imperatriz Leopoldinense e Estação Primeira de Mangueira.

Estácio de Sá

De volta à elite do Carnaval carioca e primeira a pisar na Marquês de Sapucaí pelo Grupo Especial, a Estácio de Sá e seus 3,2 mil componentes celebraram a fé. Com a benção da Arquidiocese do Estado, a escola contou a história do santo mais querido pelos cariocas, São Jorge. Clique aqui e saiba mais sobre o desfile.

União da Ilha do Governador

Em ano de Jogos Olímpicos, os deuses do olimpo desembarcaram na Marquês de Sapucaí. Segunda escolha a entrar na Avenida, na noite deste domingo (7), a União da Ilha do Governador levou o espírito esportivo para o carnaval do Rio de Janeiro, com um desfile divertido, animou o público nas arquibancadas do Sambódromo. Clique aqui e saiba mais sobre o desfile.

Beija-Flor de Nilópolis

Treze vezes campeã do Grupo Especial no Carnaval carioca, sendo a última no ano passado, a Beija-Flor de Nilópolis vem, mais uma vez, como favorita ao título. Este ano ela contará a história do político, poeta, professor, músico e escritor Cândido José de Araújo Viana, o Marquês de Sapucaí. Luxuosa, a escola contou a história do mineiro que deixou um legado de prosperidade por onde passou. Clique aqui e saiba mais sobre o desfile.

Acadêmicos do Grande Rio

As belezas e a magia da cidade de Santos tomaram conta do Rio de Janeiro na primeira noite dos desfiles das escolas de samba do carnaval carioca. Quarta escola a entrar na Marquês de Sapucaí, já na madrugada desta segunda (8), a Acadêmicos da Grande Rio viajou pela história da cidade do litoral de São Paulo e homenageou a terra que viu um dos principais times de futebol do país nascer. Clique aqui e saiba mais sobre o desfile.

Mocidade Independente de Padre Miguel

Quinta escola a entrar na Sapucaí na primeira noite de desfiles do Carnaval carioca, a Mocidade Independente de Padre Miguel, que detém cinco títulos do Grupo Especial, fez um convite à reflexão. A escola trouxe Dom Quixote de La Mancha para conhecer o Brasil. O personagem da obra de Miguel de Cervantes, começa a descobrir a história do país através dos livros. Apesar de ser um belo local, o personagem vê manchas em sua história que deve enfrentar. Clique aqui e saiba mais sobre o desfile.

Unidos da Tijuca

A fauna e a flora mato-grossense invadiram a Marquês de Sapucaí. Quatro vezes campeã do carnaval carioca, a Unidos da Tijuca fechou a primeira noite de desfiles no Rio de Janeiro com homenagem à cidade de Sorriso, no Mato Grosso. Destacando o solo fértil da região conhecida pela agricultura, a Tijuca confirmou o favoritismo e mais uma vez se colocou como uma das favoritas ao título de 2016. Com o enredo “Semeando Sorriso, a Tijuca festeja o solo sagrado”, a escola do Moro do Borel visitou a história e as lendas da cidade mato-grossense, e enalteceu a cultura popular da região. Clique aqui e saiba mais sobre o desfile.