Morte de Carrie Fisher não afetará história de “Os Últimos Jedi”, diz CEO da Disney

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2017 13h24
Carrie Fisher revela affair com Harrison Ford - Reprodução

Com a morte de Carrie Fisher em dezembro de 2016, os estúdios Disney se viram em um impasse: qual seria o destino da Princesa Leia nos novos filmes de “Star Wars”? A atriz havia assinado contrato para 3 filmes, “O Despertar da Força”, “Os Últimos Jedi” e o Episódio IX (ainda sem título).

De acordo com o CEO da Disney, Bob Iger, a morte de Fisher não irá interferir no roteiro de “Os Últimos Jedi”. “Quando compramos a Lucasfilm, íamos fazer três filmes – Episódios VII, VIII e IX. Tivemos que lidar com uma tragédia no fim de 2016. Carrie aparece ao longo do episódio VIII. Nós não vamos mudar o filme por conta de sua morte. Sua performance permanece como está gravada”, confirmou.

Iger voltou a garantir que Carrie Fisher não será recriada digitalmente para a produção. “Em ‘Rogue One nós tivemos uma personagem digital, mas não vamos fazer isso com Carrie”, afirmou.

No começo de 2016, a Lucasfilm emitiu comunicado oficial afirmando que a empresa “não tinha planos de recriar digitalmente a performance de Carrie Fisher como Princesa ou General Leia Organa”.