“Muita gente me ajudou”, diz Preta Gil sobre começo da carreira

  • Por Beatriz Coppi/Jovem Pan
  • 06/10/2015 22h25

Preta Gil dará conselhos para novos talentos

Preta Gil dá conselhos para novos talentos

Primeira competição de música pelo celular, o Vivo Meu Show, conta com ninguém menos do que Preta Gil como uma das juradas e técnicas do concurso, dando até dicas para os candidatos que solicitarem seus conselhos musicais. Um dos prêmios, inclusive, é cantar ao lado da Preta em seu bloco no Carnaval 2016.

Em 2015, a cantora já tem treze anos de carreira e, desse tempo, uma das coisas que mantém é a cabeça e o coração abertos para jovens talentos. Em conversa com Jovem Pan, ela contou o quanto acredita ser o importante o surgimento de novos nomes da música para a cultura. Confira abaixo:

Jovem Pan: Como você acredita que os concursos de música e realities favorecem o surgimento de novos talentos e o crescimento da música no Brasil?

Preta Gil: Eu acho que o Brasil é muito grande, temos muitos talentos e esses programas só ajudam a encontrá-los e projetá-los para o mundo. Acho totalmente válido e quanto mais concursos, programas, realities e apps tiverem, mais a música brasileira ganha.

JP: O vencedor do concurso irá cantar no seu bloco no Carnaval de 2016. Como você se sente ao abrir esse espaço para novos talentos?

Eu sempre recebi no meu palco novos talentos. Nesses 13 anos de carreira vi muita gente nova aparecer, surgir e sempre dei oportunidade. Vindo desse concurso então, que é pela internet, eu tenho certeza que o escolhido vai ser um cantor ou uma cantora muito astral e que vai amar receber a energia do Bloco da Preta.

JP: Você acredita que o Brasil é um país democrático para o crescimento de novos nomes da música?

Eu acho que o Brasil é um país muito rico e uma das nossas maiores riquezas é a nossa cultura, a nossa música e a diversidade de estilos nas regiões. Temos uma música para cada parte do Brasil. Isso é imenso e democrático.

JP: Você também irá gravar dicas para os competidores. Você também teve dicas no começo da sua carreira? De quem?

Eu tive muitas dicas no começo da minha carreira e até hoje eu tenho. Essa troca é fundamental. Muita gente me ajudou, mas no começo a Ivete Sangalo e a Ana Carolina não saíram do meu lado. Inclusive a Ana compôs uma música pra mim e foi nos ensaios do meu primeiro show. São elas duas que tenho como referência, pois foram as que mais me incentivaram a cantar, me dando várias dicas valiosas.

JP: No que você baseia as dicas para os candidatos?

Todas as dicas que eu dou para os candidatos são baseadas nas minhas experiências de vida, na minha história, no que vivi e passei, mas também no que eu vejo muitos amigos e colegas de trabalho passarem. São dicas de quem vive de música há 13 anos. É maravilhoso, mas sei de todas as dificuldades que tanta gente passa, então quero poder com minhas dicas ajudá-los a alcançar o objetivo que é o sucesso.