Adele é a cantora britânica mais rica da história, segundo "The Times"

  • Por Jovem Pan
  • 21/04/2016 09h57
Divulgação

 Adele se tornou a cantora britânica mais rica da história, com uma fortuna estimada de 85 milhões de libras (US$ 121 milhões), segundo um ranking publicado nesta quarta-feira pelo jornal “The Sunday Times”.

A autora de “Hello” somou 35 milhões de libras (US$ 50,1 milhões) com relação aos números da lista do ano passado, o que a coloca no posto número 30 entre as estrelas do pop e do rock do Reino Unido e Irlanda com as contas correntes mais recheadas.

“Não há mulher que esteja aumentando tanto seus lucro como Adele. Está superando inclusive jovens intérpretes masculinos”, afirmou Ian Coxon, que editou a lista nas duas últimas décadas.

Somente três mulheres aparecem nos primeiros 50 postos desse ranking, que é liderado por Paul McCartney, que acumula uma fortuna conjunta com sua esposa, Nancy Shevell, avaliada em 760 milhões de libras (US$ 1,08 bilhão).

Os Rolling Stones -Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood- possuem uma fortuna combinada de 630 milhões de libras (US$ 903 milhões) e estão na frente dos irlandeses U2, na terceira posição com 500 milhões de libras (US$ 717 milhões).

O quarto no ranking é Elton John, que possui 280 milhões de libras (US$ 401 milhões) e que, segundo publicou o “The Sunday Times” nesta semana, no ano passado dedicou 26,8 milhões de libras (US$ 38,4 milhões) a obras beneficentes, em particular a suas fundações para lutar contra a Aids.

O ranking do jornal britânico inclui, além disso, a viúva do ex-Beatle George Harrison, Olivia, e seu filho Dhani, com uma fortuna familiar de 220 milhões de libras (US$ 315 milhões), assim como a viúva de David Bowie, Iman Abdulmajid, e o filho do cantor Duncan Jones, que possuem 90 milhões de libras (US$ 129 milhões).