Adele está aberta à sexualidade do filho: "não importa o que meu filho vai fazer ou ser"

  • Por Jovem Pan
  • 21/12/2015 19h49
Reprodução/Instagram<p>Adele na capa da última revista "Time" de 2015</p>

Para a última capa de 2015, a revista “Time” escolheu Adele como estrela e, de brinde, levaram uma entrevista exclusiva com a cantora britânica. Animadíssima com a maternidade (ela até tentou fazer um álbum sobre ser mãe), a diva falou sobre o quanto pode ser difícil quando se tem uma agenda tão atribulada.

“Outro dia eu estava dizendo ‘Oh Deus, isso tudo está ficando muito difícil com uma criança’. Eu não tenho tempo para mim por que entre todas as coisas, eu passo meu tempo livre com ele”, desabafou Adele. “Mas daí eu percebi que ele tem me deixado completamente tranquila com tudo isso”.

“Ele me faz sentir tanto orgulho de mim mesma, e ele me faz gostar de mim tão mais. E eu sempre gostei de mim. Eu nunca não gostei de mim. Eu não tenho ressacas deste tipo. Mas eu estou tão orgulhosa de ter feito ele dentro da minha barriga. Eu cozinhei ele na minha barriga e agora ele saiu de mim”, acrescentou a cantora, uma mamãe inveteradamente coruja.

Ainda na entrevista, ela deixou claro que não se importa com a opção sexual do filho e que, independentemente de qual seja, ela irá amá-lo e apoiá-lo incondicionalmente. “Este humano que de repente está andando por aí e fazendo as coisas do jeito dele. Eu mal posso esperar para conhecer seu melhor amigo, sua namorada ou seu namorado, ou que filmes ele vai gostar… Não importa o que meu filho vai fazer ou ser”, destacou Adele.

Por fim, ela ainda falou sobre como pretende criar o filho, e, mais importante, como não quer. “Sou muito consciente sobre ter um filho e eu não quero que ele seja um desses babacas que vão crescer e ser tipo ‘motorista, motorista!’ [ela estala os dedos], ‘eu não tenho roupas limpas!’. Bem, você as lavou? Eu realmente não quero que ele cresça deste jeito”, disse a cantora, dona de uma verdadeira fortuna.