Afinal, o que aconteceu com o “squad” de Taylor Swift?

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2017 16h14
Reprodução/ Instagram

Taylor Swift sabe como juntar as amigas e não é à toa que ela tem um dos grupos mais cobiçados do mundo pop: o seu famoso “squad”.

Selena Gomez, Cara Delevingne, Karlie Kloss, Blake Lively, Lorde, Gigi Hadid e Ruby Rose são apenas algumas das muitas famosas que fazem parte do grupo que se tornou sensação em 2015 e, desde então, dominou as premiações e as redes sociais.

Todas fizeram mais de uma aparição na turnê “1989” e causaram ao aparecerem juntas na estreia do clipe de “Bad Blood”, no MTV Awards de 2015. Elas eram inseparáveis… até que, do nada, desapareceram e, deixaram todos se perguntando: o squad acabou?

As dúvidas cresceram ainda mais essa semana, quando Taylor não deu a sua famosa festa anual de 4 de julho. Foi a primeira vez em 5 anos que ela não reuniu o grupo para comemorar a data – e vale ressaltar aqui que suas festas sempre eram gigantescas.

Então, será que o squad chegou mesmo ao fim? Nós da Jovem Pan ativamos o modo “CSI” e investigamos algumas entrevistas e fatos recentes para descobrir se estamos chegando ao fim de uma era.

Se liga:

– O “squad” chegou ao limite?

Eles receberam muita atenção desde que tudo explodiu – todos queriam ser parte dele. E quando ele deixou ser presença constante em eventos e na mídia, algumas integrantes deram a entender que teriam se cansado do grupo, ou então, que nunca foram tão próximas assim.

Uma das primeiras a falar sobre o assunto (e deixar todos boquiabertos) foi Hailee Steinfeld, que esteve no clipe de “Blad Blood”, e estava sempre nas festas de Taylor. Ela falou: “as pessoas acham que passamos mais tempo juntas do que de fato acontece”. Quer dizer que o squad estava deixando de sair junto?

Lorde deu duas declarações polêmicas recentemente. Primeiro, ela falou sobre uma “amiga famosa”, que todos interpretaram como Taylor: “existem alguns lugares em que vocês não podem ir juntos. Existem algumas considerações com a amizade. É como ter um amigo com uma doença autoimune”. Essa semana, o programa de TV Sunrise perguntou se ela anda com o squad e ela deu um sorriso amarelo ao comentar. “Você sabe… você faz amigos em lugares diferentes, mas acho que na maioria das vezes eu não fico necessariamente chamando meus ídolos para conselhos”, falou.

Uma das que se manteve distante de qualquer polêmica envolvendo o grupo foi Selena Gomez, que já era amiga de Taylor antes do squad como conhecemos hoje surgir. A cantora nunca falou mal do resto do grupo e, aparentemente, parece estar em paz com Taylor. No entanto, vale ressaltar que, pelas redes sociais, elas não têm mais postado fotos juntas nem ido aos mesmos eventos.

– O “squad” vai voltar?

O sumiço do squad aconteceu paralelamente ao sumiço de Taylor Swift da mídia. Desde que encerrou a turnê “1989”, a cantora se afastou dos holofotes e fez pouquíssimas aparições em eventos.

Uma das últimas vezes em que ela reuniu boa parte do grupo foi em 2016, para comemorar o Halloween e, ocasionalmente, ela ainda posta fotos com algumas das integrantes em festas particulares. Ou seja, isso pode indicar que a amizade (pelo menos com algumas) segue firme e forte.

Então o squad ainda pode voltar? Provavelmente sim e em grande estilo! Ao que tudo indica, de acordo com a imprensa internacional, Taylor está trabalhando no seu próximo disco, que pode ser lançado no final de 2017.

Do que já conhecemos da cantora, seu retorno não será pequeno. Ela vai organizar algo triunfal para “renascer das cinzas” e abalar o mundo da música. E qual o melhor jeito de fazer isso senão reunindo o seu poderoso squad?