Ainda na cadeia, R. Kelly alega ser inocente em casos de abuso sexual

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2019 15h35 - Atualizado em 25/02/2019 15h59
EFER. Kelly segue preso em Chicago, nos Estados Unidos; fiança é de US$ 1 milhão

O rapper R. Kelly alegou ser inocente nos 10 casos de abuso sexual pelos quais está sendo investigado. Ele compareceu a um tribunal em Chicago nesta segunda-feira (25).

Preso desde quinta-feira (21), o cantor não conseguiu arrecadar nem 10% do valor definido para sua fiança, US$ 1 milhão (R$ 3,8 milhões). Ele pode pagar a fiança a qualquer momento até o dia 22 de março, quando voltará ao tribunal.

R. Kelly é acusado por quatro mulheres de abuso sexual. Dessas quatro supostas vítimas, três delas tinham entre 13 e 16 anos na época dos supostos crimes.

Apesar das acusações de crimes sexuais contra mulheres, algumas fãs do músico estão se mobilizando para arrecadar dinheiro para pagar a fiança dele. Um repórter do jornal Chicago Tribune afirmou que um membro da corte o contou que mulheres estão ligando no tribunal para saber como podem depositar dinheiro para ajudar no pagamento.

Se condenado, R. Kelly pode pegar de 40 a 70 anos de prisão. Além disso, o cantor é alvo de outras três investigações nos Estados Unidos.