Anitta admite “falha” ao contratar fotógrafo acusado de assédio para dirigir “Vai Malandra”

  • Por Jovem Pan
  • 27/06/2018 17h47
Divulgação

O lançamento de “Vai Malandra” foi um dos mais esperados de 2017, mas Anitta se colocou em uma controvérsia ao contratar Terry Richardson, fotógrafo acusado de assédio sexual por diversas mulheres, para dirigir o clipe. Na França para shows, a cantora foi questionada sobre o assunto e admitiu ter “falhado” ao não ter tomar conhecimento das acusações.

“Era uma coisa que a gente realmente não sabia. Eu soube depois. Realmente eu fui falha neste ponto. Até discutimos, pensamos em cancelamento, mas era uma coisa tão importante pra gente em tantos aspectos… e foi feito baseado nas minhas ideias, no que eu queria. Eu sempre tenho a equipe nos meus vídeos, mas a pessoa que pensa no geral, no que realmente vai ser feito, sou eu. Daí decidimos deixar”, disse ao site RFI.

Anitta ainda destacou que o lançamento do clipe acabou cumprindo um papel de levantar a discussão sobre assédio.

“Foi uma boa decisão [lançar] porque acabou movimentando muitas discussões e eu acho muito bom isso. Fazer com que as pessoas discutam e debatam coisas importantes”, afirmou.

“Vai Malandra” foi lançado em dezembro de 2017 e logo no começo se envolveu em polêmica por conta das acusações contra Terry Richardson. Na época, Anitta falou sobre a situação em comunicado oficial e defendeu que o fotógrafo fosse investigado


Anitta ao lado de Terry Richardson