Anitta não nega playback em show no Rock in Rio: ‘Voz de apoio’

Anitta não negou que usou playback no show no Rock in Rio e ainda disse que artistas brasileiros são tratados de maneira diferente pela organização do festival

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2019 15h58
EFE/ Antonio LacerdaAnitta se apresentou no Rock in Rio neste sábado (5)

Apesar de ter feito um grande show no Rock in Rio, neste sábado (5), Anitta foi criticada por usar playback. A carioca não negou que de fato cantou em cima de gravações em alguns momentos.

“Quando é um show que tem muita dança, muita coreografia, normalmente são gravadas vozes de apoio, sim, para as partes em que as coreografias são mais pesadas”, afirmou em entrevista ao G1. Ela explicou que é muito difícil continuar cantando durante as coreografias mais complexas.

Como o show no festival carioca teve muita dança, Anitta optou por contar com o apoio do playback. “Não tem como fazer uma hora dançando sem parar, como é o meu set, que só teve 5 minutos sem dança, e cantar o tempo inteiro”, admitiu. A artista, no entanto, reforçou que realmente cantou em muitos momentos da apresentação.

Ainda na entrevista, Anitta revelou que não conseguiu passar o som antes do show por causa do atraso de artistas internacionais, que ela não quis citar. “A gente entrou no palco sem conhecê-lo. Quando nos deram, o festival já tinha começado. Entramos no palco ainda tentando entender o espaço”, disse. Além dela, passaram pelo Palco Mundo neste sábado H.E.R., Black Eyed Peas e P!nk.

Ela também reclamou do tratamento recebido no festival e disse que os artistas nacionais têm menos privilégios que os gringos. Esta foi a primeira vez que a cantora se apresentou no Rock in Rio – ela foi escalada para o festival após a organização receber uma chuva de críticas por tê-la deixado de fora da edição de 2017. “Apesar de todos os pesares, deu tudo certo no fim. Conseguimos fazer um show muito legal. A gente se divertiu”, garantiu.

O Rock in Rio termina neste domingo (6) e terá shows de Os Paralamas do Sucesso, Nickelback, Imagine Dragons e Muse no palco principal.