Biel se vitimiza e culpa “personagem artístico” por acusação de assédio

  • Por Jovem Pan
  • 29/06/2017 12h06
Reprodução

Exatamente 1 ano depois de ter sido acusado de assédio sexual, Biel veio a público dar a sua versão dos fatos e explicar porque ficou sumido por tanto tempo. O cantor divulgou um vídeo no Youtube (com cenas um tanto peculiares) e, ao se vitimizar pelo caso, disse que não foi ele quem cometeu o assédio, mas seu “personagem artístico” que, agora, ele deixou para trás.

“Ninguém nunca me chamou de Biel. Eu sempre fui o Ga para quem sempre importou para mim, mas quando Deus mudou o meu destino de médico para cantor eu tive que pensar em um nome artístico e aí que ele surgiu. Então foi criado um personagem no qual todos os envolvidos no trabalho queriam que desse dinheiro e o que dá dinheiro imediato? Tirar a camisa. Letras eróticas. ‘Nada tem sabor depois que prova do Biel’. Nenhuma dessas letras foi composição minha. Nem o sotaque era meu. Não foi à toa que depois de alguns anos de sucesso, tudo foi abaixo”, diz no vídeo.

Biel ainda assumiu que errou com a jornalista que o acusou de assédio, mas deixou claro que não foi o responsável pelas palavras ditas (“se te pego te quebro no meio”). “Eu estava sendo comparado a estuprador por ter entrado em um personagem que eu tive que entrar porque dava dinheiro (…) que entrevista esperavam que eu fosse dar?”, questionou. “Aquele pedido de desculpas medíocre não foi decisão minha, nem minhas palavras”, falou.

O cantor explicou que o sumiço das redes sociais depois do caso foi para se “reconciliar” com ele mesmo, sua “família, amigos e valores da vida”. “Agora tudo vai começar de verdade”, diz no final do vídeo, que assina como Gabriel, ao invés de Biel.

Confira o vídeo: