Integrantes do BTS não serão excluídos do serviço militar obrigatório na Coreia do Sul

Homens sul-coreanos são obrigados a se alistar até os 28 anos de idade; duração do serviço militar pode chegar a 22 meses

  • Por Jovem Pan
  • 20/09/2019 16h13
Reprodução/FacebookOs integrantes do BTS não vão escapar do serviço militar obrigatório na Coreia do Sul

Os integrantes do BTS não serão excluídos do serviço militar compulsório da Coreia do Sul. A informação foi confirmada pelo site The Hollywood Reporter com o Ministério da Defesa do país.

Segundo as leis sul-coreanas, todos os homens nascidos no país são obrigados a prestar serviço militar em algum momento entre os 18 e os 28 anos de idade. A duração do programa varia entre 18 e 22 meses. Os cidadãos que não fizerem isso até a idade limite podem sofrer uma série de sanções, incluindo a proibição de deixar o país.

Nos últimos meses, fãs do BTS começaram uma campanha para que o governo da Coreia do Sul permitisse que os integrantes do BTS não prestassem o serviço, mas a exceção não será feita.

As leis sul-coreanas, no entanto, permitem que determinados cidadãos escapem do serviço militar, entre eles medalhistas olímpicos e artistas de sucesso. Segundo a Billboard, desde 2009, 178 atletas e 280 artistas tiveram permissão para não se alistar. Mas, no ramo da música, apenas pianistas e violinistas entraram na lista.

O integrante do BTS mais perto de atingir a idade limite é Jin, que vai completar 27 anos em dezembro. Os outros seis músicos têm entre 22 e 26 anos.