Com o início da Copa do Mundo, torcedores se preocupam: por onde anda Mick Jagger?

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2018 13h38
Reprodução/Facebook

Em 2010, Mick Jagger torceu para os Estados Unidos nas oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul. E perdeu. No mesmo ano, torceu para o Brasil nas quartas de final. E perdeu. Em 2014, torceu para Inglaterra e para a Itália em terras brasileiras. E perdeu. Até que foi ao Estádio do Mineirão para torcer pelo Brasil contra a Alemanha. E você deve se lembrar do que aconteceu. Foi ali que veio o fatídico 7 a 1.

É por essas e outras que os fãs do futebol começaram a chamar o líder da banda Rolling Stones de “pé frio” e criaram a “Maldição Jagger”. Quer dizer que quando o cantor resolve aparecer em um jogo ou simplesmente demonstrar apoio a um time, essa equipe instantaneamente passa a ter poucas chances de vencer. É batata.

Agora, com o início da Copa da Rússia, torcedores de todo o mundo já demonstraram preocupação e levantaram essa importante questão: por onde anda Mick Jagger? Existe a possibilidade de ele ir ao país de Vladimir Putin para acompanhar a competição? E, o que é mais importante ainda, será que ele pode assistir a alguma partida da Seleção Brasileira?

Vamos às informações. Os Rolling Stones estão atualmente rodando a Europa com apresentações da turnê No Filter. O grupo esteve no País de Gales nesta sexta-feira (15) e seguirá para Londres na próxima terça (19). Ou seja, existe aqui uma lacuna de tempo. O artista, fã declarado do esporte, poderia arranjar um espaço na agenda para dar uma passadinha na Rússia e ver a primeira partida do Brasil no domingo (17), mas ainda não deu nenhuma declaração sobre isso, o que torna a possibilidade pequena.

O segundo jogo do time de Tite, por sua vez, acontece na sexta (22). E aqui a probabilidade de Jagger nos dar aquele azar de perto é nula. Isso porque a banda tem show marcado em Berlim, na Alemanha, na mesma data. Já a terceira e última partida do Brasil nesta primeira fase de grupos é na quarta seguinte (27). E como os Stones têm show agendado para o dia anterior (26) na França, mais uma vez as chances de ele aparecer no estádio são bem pequenas.

Por enquanto é isso. Ao que tudo indica, estamos salvos. Seguimos por aqui na importante missão de acompanhar o calendário do músico e as datas dos jogos da segunda etapa da Copa 2018 – e nos preparar assim para enfrentar, se necessário, essa temida maldição.