Demi Lovato se explica após alfinetada polêmica em Taylor Swift

  • Por Jovem Pan
  • 23/02/2016 11h59
Reprodução/Instagram

Na noite desta segunda-feira (22), Demi Lovato partiu mais uma vez para as redes sciais para falar sobre os problemas relacionados a abuso sexual. Motivada pelo caso da Kesha, que perdeu o processo contra Dr. Luke, ela fez várias postagens sobre a sociedade machista e, ao alfinetar Taylor Swift por não se manifestar, acabou iniciando uma briga entre os fãs. Então, Demi resolveu dar um ponto final.

Ao publicar um infográfico sobre o quanto os casos desse tipo de violência são negligenciados, ela escreveu uma legenda caprichada. “Como a maioria sabe, eu tenho a tendência a me exaltar sobre coisas que eu acredito e apesar do meu coração e intenções serem sempre as melhores, infelizmente minha paixão leva o melhor do mim e me leva a falar coisas que provavelmente não diria”, começou Demi no post.

“E quando isso acontece, me separa da real razão pela qual debati em primeiro lugar. Nosso foco deveria ser no tópico das vítimas de abuso sexual e físico terem medo de contar suas histórias. Elas acabam sofrendo mais retaliação e assédio do que a justiça é feita. Especialmente mulheres. Fico transtornada quando assuntos sérios como igualdade e abuso as mulheres não são levadas a sério assim como os homens”, continuou a cantora

“Tudo o que quero ver são as mulheres juntas e fazendo a diferença. Uma real mudança na sociedade. Todo mundo tem sua própria maneira de dar apoio a outros, e no final do dia, ajudar as vítimas é o que o importa. A mensagem que eu quero que as pessoas ouçam é que está tudo bem em contar seu abuso se você decidir tomar alguma ação, você não está sozinha”, encerrou Demi Lovato.

Uma foto publicada por Demi Lovato (@ddlovato) em Fev 22, 2016 às 4:02 PST