Dupla iraniana é condenada a 14 anos de prisão e 74 chibatadas por tocar heavy metal

  • Por Jovem Pan
  • 09/07/2019 16h31
DivulgaçãoA dupla de heavy metal Confess foi condenada a 14 anos de prisão no Irã

Os músicos Nikan Khosravi e Arash Ilkhani, da banda iraniana de heavy metal Confess, foram condenados à prisão. Presos em 2015 e agora asilados na Noruega, os artistas tiveram penas somadas de 14 anos de cadeia e 74 chibatadas por causa de suas músicas, que, para as autoridades do Irã, têm letras criminosas.

Khosravi foi condenado a 12 anos e meio de prisão e 74 chibatadas, enquanto Ilkhani teve a pena reduzida de seis para dois anos de cadeia. A sentença foi proferida no dia 3 de julho e obtida pelo site Loudwire.

Oficialmente, os músicos foram condenados por insultar o Islã, propagar ideias contrárias ao regime iraniano através da música, dar entrevistas a veículos de mídia contrários ao governo e insultar o presidente.

Khosravi e Ilkhani saíram da prisão em 2017, após pagar fiança no valor de US$ 30 mil cada (R$ 114 mil). Eles foram para a Turquia e depois para a Noruega, onde conseguiram asilo e vivem até hoje.

No sábado (6), a dupla lançou o single “Evin”, inspirado na prisão iraniana onde os músicos ficaram. Ouça abaixo: