“É um esforço diário”, diz Lady Gaga sobre estresse pós-traumático em carta aberta

  • Por Jovem Pan
  • 07/12/2016 17h15
Reprodução

Depois de falar pela primeira vez sobre seu diagnóstico de transtorno de estresse pós-traumático, Lady Gaga publicou carta aberta no site da sua Fundação Born This Way falando sobre as dificuldades de se viver com a doença.

“É um esforço diário para mim, mesmo durante este ciclo de álbuns, regular meu sistema nervoso para que eu não entre em pânico em circunstâncias que para muitos pareceriam situações rotineiras. Exemplos são sair de casa ou ser tocado por estranhos que simplesmente querem compartilhar seu entusiasmo pela minha música”, relata Gaga.

“Eu também luto com disparos das memórias que eu carrego de meus sentimentos dos últimos anos em turnê, quando minhas necessidades e pedidos para o equilíbrio estavam sendo ignorados. Eu acabei me ferindo na Born This Way Ball. Aquele momento e a lembrança disso mudaram minha vida para sempre. A experiência de se apresentar noite após noite em dor mental e física, enraizou em mim um trauma que revivo quando eu vejo ou ouço coisas que me lembram desses dias”, contou.

“Mas eu sou uma mulher forte e poderosa que está ciente do amor que eu tenho ao meu redor, da minha equipe, minha família e amigos, meus médicos e dos meus fãs incríveis que eu sei que nunca irão desistir de mim. Eu não vou desistir dos meus sonhos, da arte e da música”, escreveu Gaga ao afirmar que está passando por diferentes tratamentos.