“Ele queria encontrar paz”, diz família em nova carta sobre morte de Avicii

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2018 14h01
Reprodução/ Instagram

A família de Avicii, encontrado morto aos 28 anos na semana passada, voltou a falar sobre a trágica morte do DJ em nova carta divulgada ao público. No comunicado, os familiares sinalizaram que o músico pode ter cometido suicídio.

“Ele não podia continuar mais. Ele queria encontrar paz. Tim não foi feito para a máquina de negócios que se encontrou”, falou a família sobre a vida de Avicii depois de se aposentar dos palcos.

Na primeira carta divulgada aos fãs, o tom adotado pela família do DJ foi diferente. Eles apenas agradeceram o apoio de todos ao pedir privacidade e se disseram “gratos a todos que amaram suas músicas”.

Avicii foi encontrado morto aos 28 anos em um resort em Omã, no Oriente Médio. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Veja a carta na íntegra:

Estocolmo, 26 de abril de 2018

Nosso amado Tim foi um buscados, uma frágil alma artística em busca de respostas para questões existenciais.

Um super realizador perfeccionista que viajou e trabalhou duro em um ritmo que o levou ao estresse extremo.

Quando ele parou de fazer turnê, ele queria encontrar um equilíbrio na vida para ser feliz e ser capaz de fazer o que ele mais amava – música.

Ele realmente lutou com pensamentos sobre o significado, vida, felicidade.

Ele não podia continuar mais.

Ele queria encontrar paz.

Tim não foi feito para a máquina dos negócios em que se encontrou. Ele era um cara sensível que amava seus fãs, mas evitava os holofotes.

Tim, você será eternamente amado e uma perda tristemente sentida.

A pessoa que você era e sua música manterão sua memória viva.

Sua família.