Em vídeo antigo, Michael Jackson diz que odiaria ser interpretado por ator branco

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2016 15h59
Divulgação

Nesta semana, a polêmica sobre as oportunidades para atores negros em Hollywood ganhou um capítulo fora do Oscar, quando um ator branco foi anunciado para interpretar Michael Jackson no cinema. Para o papel do eterno Rei do Pop no telefilme “Elizabeth, Michael e Marlon”, o ator escolhido foi Joseph Fiennes (de “Shakespeare Apaixonado”), o que gerou o maior bafafá.

Nesta quarta-feira (27), a discussão ganhou volume quando um canal no Youtube encontrou uma entrevista antiga de Michael, concedida a Oprah Winfrey, em que fala sobre a possibilidade de ser interpretado por um ator que não fosse negro. Na época, eles falavam sobre uma criança branca se passar por Michael pequeno em um comercial da Pepsi.

“Essa é a história mais ridícula e horrível que já ouvi. É louca. Por que eu iria querer um garoto branco para me interpretar? Eu sou um americano negro. Tenho orgulho de ser afro-americano. Tenho orgulho da minha raça. Tenho orgulho de quem eu sou”, respondeu o artista na entrevista.

O filme “Elizabeth, Michael e Marlon” se passa em 2001, quando a pele do ator já estava com a pele de Michael já estava branca, então a produção achou que faria sentido a escolha de Joseph Fiennes. A decisão, entretanto, vem sendo alvo de muitas críticas pela internet.

Assista abaixo ao vídeo: