Evento ‘luxuoso’ é cancelado antes de começar na Bélgica e relembra desastre do Fyre Festival

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2019 10h47
Reprodução/InstagramEvento na Bélgica gerou inúmeras comparações com o desastroso Fyre, co-criado por Ja Rule, que se apresentaria em festival deste fim de semana

O festival VestiVille, que aconteceria no último fim de semana em Lommel, na Bélgica, foi cancelado antes mesmo de começar por falta de segurança. O line-up prometida shows de peso como Cardi B, A$AP Rocky, Migos e Ja Rule.

Coincidentemente, esse último artista também esteve envolvido em outro evento desastroso: o Fyre Festival, que ganhou dois documentários neste ano para reconstituir o luxuoso festival das Bahamas que terminou com uma em investigação de fraude, em 2017.

Tal como o Fyre, o VestiVille também prometeu alojamentos de luxo, além de áreas exclusivas. O evento estava marcado para acontecer nos dias 28, 29 e 30 de junho.

Mas ainda na sexta-feira (28), o perfil do festival no Facebook anunciou que a prefeitura de Lommel mandou interditar o evento por motivos de segurança. Uma investigação por suspeita de fraude também foi aberta e três organizadores do evento já prestaram depoimentos à polícia.

Alguns fãs conseguiram entrar no local do evento, mas logo tiveram que sair pois a polícia chegou ao local com cães. Nas redes sociais, há diversos relatos e vídeos de quem conseguiu entrar no VestiVille, provando que nada do que tinha sido prometido foi cumprido.

 

Fyre Festival

O Fyre Festival aconteceria em 2017, nas Bahamas. O rapper Ja Rule, que se apresentaria no VestiVille, negou qualquer envolvimento com a organização do evento na Bélgica.

Mas no caso do Fyre, o outro co-fundador, Billy McFarland foi condenado no ano passado a seis anos de prisão. Ele confessou ter desviado US$ 26 milhões de investidores, além de US$ 100 mil em fraudes na venda dos ingressos.

A Netflix e a Amazon Prime produziram documentários neste ano contando a história do Fyre Festival.