Flavor Flav é demitido do Public Enemy após confusão envolvendo Bernie Sanders

Flavor Flav não gostou de ver o Public Enemy associado à campanha de Bernie Sanders

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2020 14h00
Divulgação/Piero F. GiuntiFlavor Flav (esquerda) foi demitido do Public Enemy por Chuck D (direita)

O rapper Flavor Flav foi demitido do grupo Public Enemy neste domingo (1º). A demissão aconteceu após o músico se envolver em uma confusão sobre a participação do Public Enemy em um evento de campanha do senador Bernie Sanders, candidato à presidência dos Estados Unidos.

No sábado (29), Flavor Flav entrou em contato com a campanha de Bernie Sanders contra a divulgação de que o Public Enemy faria um show no evento do candidato democrata em Los Angeles no domingo. Segundo o rapper, apenas um dos membros do grupo, Chuck D, faria a apresentação. Ele alegou que não queria sua imagem vinculada ao senador, uma vez que não apoia nenhum político.

Chuck D, no entanto, não gostou da ação de Flav e o acusou de ser “politicamente ignorante”. “Ele não sabe a diferença entre Barry Sanders [ex-jogador de futebol americano] e Bernie Sanders”, escreveu no Twitter. Segundo o advogado de Chuck D, o rapper tem autorização legal para usar o nome Public Enemy mesmo quando se apresenta sozinho.

Sem Flavor Flav, o Public Enemy, um dos grupos mais importantes da história do rap, vai seguir com Chuck D, DJ Lord e Professor Griff.