Henry McCullough, guitarrista que trabalhou com Paul McCartney, morre aos 72 anos

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2016 17h03
Reprodução/Instagram

Morreu nesta terça-feira (14) o guitarrista irlandês Henry McCullough, segundo publicou o site Belfast Telegraph.

De acordo com o empresário do músico, Nigel Martyn, que confirmou a morte, o artista estava com a saúde frágil: “ele tinha sofrido danos cerebrais graves e ficou completamente incapacitado nos últimos quatro anos”. Henry e a esposa, Josie, moravam em uma casa entre as cidades de Coleraine e Ballymoney, no Condado de Antrim, Irlanda do Norte.

McCullough fez parte de uma geração premiada de artistas que pôde mostrar seus trabalhos de forma ousada no mundo do rock. Ele colaborou com Paul McCartney na banda Wings, fez uma histórica apresentação no festival de Woodstock, em 1969, e participou ainda do disco icônico “Dark Side of the Moon” (1973), da banda Pink Floyd.

O artista assinou a autoria de hits como “My Love”, do disco “Red Rose Speedway”, de 1973, além do tema de James Bond, “Live and Let Die”. Além de contribuir diversas vezes com McCartney, Henry viajou ao lado de Jimmi Hendrix.

Pelo Twitter, Paul McCartney falou sobre a morte do guitarrista:

Ouça aos sucessos “My Love”, “Live And Let Die” e a uma performance de McCullough para a música “The House Of The Rising Sun” (1964), da banda The Anmimals: