Japinha é afastado do CPM 22 após denúncia de assédio a menor de idade

  • Por Jovem Pan
  • 10/06/2020 13h14 - Atualizado em 10/06/2020 13h15
Reprodução/InstagramBanda emitiu nota sobre afastamento uma semana após conversas vazadas serem postadas no Twitter

A banda CPM 22 anunciou na tarde desta quarta-feira (10) que afastou o baterista Japinha após a acusação de assédio por enviar mensagens de cunho sexual à uma fã de 16 anos.

Em comunicado postado nas redes sociais, a banda garantiu que continua, mesmo com o baixista Fernando Sanches também ter anunciado que deixava o CPM 22 na última terça-feira (9).

Japinha manda mensagem à fã de 16 anos

Na terça-feira (9), Japinha confirmou ao G1 a veracidade de mensagens de cunho sexual vazadas nesta semana à uma fã de 16 anos que queria conhecer a banda. O print, que mostra mensagens trocadas entre janeiro e março de 2012, foi publicado pelo perfil  “Exposed emo” no Twitter.

O baterista disse que a intenção das mensagens era fazer “brincadeiras” sem “intenção de seduzir”. Na conversa com a jovem, ele se diz “ciumento”, pergunta se ela tem namorado e se “já fez amor”. Na época, Japinha tinha 36 anos, mas não revelou sua idade mesmo quando a fã questionou.

O artista disse que as mensagens são incômodas, mas não tinha intenção de se encontrar com a menina. “(…) Eu não tenho essa mania. Eu não gosto. Na estrada, chegava ao ponto de eu pedir RG para as meninas para não ter que tomar nenhum susto nesse sentido. E o principal: eu nunca vi essa menina pessoalmente. Nunca falei com ela.”

“Mas conversar não mata ninguém. Eu não fiquei falando que queria… Tudo bem, teve um papo lá de virgindade. Eu até brinquei em relação a virgindade. Mas nunca querendo… sabe? Depois que ela falou que tinha namorado, eu já evito mulher com namorado. E já brinquei falando que tinha ciúme. Foi esse o sentido da conversa.”