Jungle Fight 73 terá luta entre Jonas Bilharinho e David Tatá

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2014 17h24
Divulgação/Jungle Fight<p>Jonas Bilharinho e David Tatpa vão se enfrentar em luta pelo cinturão</p>

A luta principal do Jungle Fight 73, edição de aniversário de 11 anos da organização, que será realizada no dia 6 de setembro, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP), sofreu uma alteração, já que Fabiano ‘Jacarezinho’, que iria enfrentar o campeão Jonas Bilharinho, em luta pelo cinturão dos peso-galo, ficou doente e não foi liberado pelos médicos para seguir treinando, o que comprometeu sua preparação para o compromisso.

Quem vai substituir Fabiano ‘Jacarezinho’ na luta de título será David Tatá, que vem de quatro vitórias consecutivas. Natural de Rio Pardo de Minas, ele possui um cartel de sete vitórias e apenas uma derrota.

“Sou o tipo do atleta que o Wallid gosta, pois luto sempre para frente, para definir a luta, e não escolho data e nem adversário, ainda mais valendo cinturão. Estou em um momento bom, venho vencendo bem as minhas lutas, sempre contra adversários duros, o que é comum no Jungle Fight. Já comecei a minha preparação e podem ter certeza que vou dar tudo de mim lá em cima”, declarou David Tatá.

O campeão Jonas Bilharinho também vem de quatro vitórias no Jungle Fight e ele comenta sobre a adaptação na preparação com a mudança de adversário.

“Cada atleta tem um jogo próprio, e é isso que diferencia ‘estar treinado’ de ‘estar em camp’. Sempre treino o mais específico possível para tentar antever tudo o que poderá acontecer no dia da luta. Minha última luta acabou nas mãos dos juízes, embora eu tenha feito de tudo para terminar antes. E esse é meu pensamento de sempre: definir a luta lá dentro. Só que às vezes não dá. Mas estou focado e minha intenção é me manter campeão do Jungle, ganhar um cinturão novo daquele e me aproximar cada vez mais de um contrato com o UFC”, frisou o detentor do cinturão dos peso-galo.

Além da luta entre Jonas Bilharinho e David Tatá, o Jungle Fight 73 também terá a disputa do cinturão feminino da categoria peso-palha (até 52kg) entre Maiara Alves e Ericka Almeida.

Maiara, que é de Macapá (AP) e tem 27 anos, tem um cartel de três vitórias em três lutas. Já Ericka Almeida, paulista de Sorocaba (SP), tem 25 anos e venceu todas as cinco lutas que disputou.

Confira todas as lutas do card principal:

Jonas Bilharinho “Speed” (Team Nogueira) x David “Tatá” Silva (Colisão) – Cinturão Peso-Galo – até 61kg;

Maiara Alves (Nocaute Team) x Ericka Almeida (Herman Gutierrez) – Cin​turão Feminino – Até 52kg;

Rene “Soldado” Pessoa (Power Lotus Team) x José Diaz “Suavecito” (Cleber Jiu Jitsu) – até 77kg;

Fernando Di Pierro (Alliance/Equador) x Douglas Bertazini “El loco” (Miguel Repanas) – até 84kg;

Martin Ottaviano “La Maquina” (Sukata Academy/Argentina) X Charles Leite (Demian Maia Jiu Jitsu) – 93kg;

​Matheu Mattos “Adamas” (Team Nogueira) x Allan Miguel (Fight Club BFC) – até 61kg;

Valdines Silva (Pitbul Brothers) x Allan “Popey”(Ryan Gracie/Polemico) – até 66kg;​

Paulo Oliveira “Capoeira” (Orion Fight) x Diego Paiva (Miguel Repanas) – até 57kg;​​

Gregory ” Robocop ” Rodrigues ( XGym ) x Bruno Lopi (011 Team) 84 kg ;

Roberto Silva (Equipe Família Furacão) x Diogo “Pink” (Xgym) – até 61kg.