Madonna explica frase polêmica sobre “explodir a Casa Branca”: “usei uma metáfora"

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2017 12h45
Reprodução/ Youtube

No fim de semana, a Marcha das Mulheres tomou conta de Washington e outras cidades pelo mundo com a presença maciça de muitos artistas que discursaram sobre os direitos das mulheres. Madonna foi uma das celebridades que participou ativamente do evento.

Ao discursar, uma frase da cantora chamou a atenção, quando ela disse que pensou em “explodir a Casa Branca” após a vitória de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos. A fala gerou polêmica e Madonna foi ao Instagram para explicar sua declaração, afirmando não ser uma pessoa violenta e que a “explosão” era apenas uma metáfora.

“É importante que as pessoas ouçam e entendam meu discurso inteiro ao invés de uma frase tirada fora do contexto. Meu discurso começou com ‘eu quero começar uma revolução do amor’. Depois, aproveitei a oportunidade para encorajar as mulheres e todas as pessoas marginalizadas a não se desesperarem, mas sim a se unirem e usarem [esse momento] como ponto de partida para a união e para criar uma mudança positiva no mundo”, escreveu.

“Eu usei uma metáfora e compartilhei duas maneiras de olhar as coisas – uma era ser esperançosa, e uma era sentir raiva e indignação, o que foi o que eu senti. Mas eu sei que agir com raiva não resolve nada. E a única maneira de mudar as coisas para melhor é fazer isso com amor. Foi realmente uma honra fazer parte de um público cantando ‘nós escolhemos o amor’”, explicou Madonna.

Yesterday’s Rally. was an amazing and beautiful experience. I came and performed Express Yourself and thats exactly what i did. However I want to clarify some very important things. I am not a violent person, I do not promote violence and it’s important people hear and understand my speech in it’s entirety rather than one phrase taken wildly out of context. My speech began with ” I want to start a revolution of love.” ♥️ I then go on to take this opportunity to encourage women and all marginalized people to not fall into despair but rather to come together and use it as a starting point for unity and to create positive change in the world. I spoke in metaphor and I shared two ways of looking at things — one was to be hopeful, and one was to feel anger and outrage, which I have personally felt. However, I know that acting out of anger doesn’t solve anything. And the only way to change things for the better is to do it with love. It was truly an honor to be part of an audience chanting “we choose love”. ????♥️????♥️????♥️????♥️???? #revoltutionoflove♥️#revolutionoflove♥️*******************************************************

Uma foto publicada por Madonna (@madonna) em Jan 22, 2017 às 10:49 PST