“Me sinto tão mulher quanto sou homem”, declara Sam Smith

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2017 10h21
Reprodução

Prestes a lançar seu tão aguardado novo disco (“The Thrill of it All”), Sam Smith falou abertamente sobre sua sexualidade em uma entrevista rara. Ao The Sunday Times, o cantor declarou que não se identifica inteiramente com o gênero masculino.

“Não sei qual seria o título, mas eu me sinto tão mulher quanto sou homem”, falou. “As pessoas não sabem disso, mas quando eu tinha 17 anos, eu fiquei obcecado com Boy George e Marilyn Monroe. Houve um momento em minha vida que eu não tinha nenhuma peça de roupa masculina. Eu usava maquiagem todo dia para ir à escola, rímel, legging e casacos de pelo”, lembrou.

Na entrevista, Sam Smith também explicou porque demorou para se assumir gay publicamente. “Era o medo de dizer a coisa errada e ofender”, falou.

“Eu tinha 19 anos quando comecei a escrever o primeiro álbum. Tinha acabado de me mudar de uma vila para Londres – e eu era o único gay na vila. Eu não sabia o que queria dizer”, lembrou.

Em “The Thrill of it All”, que será lançado dia 3 de novembro, o cantor revelou que está mais sincero sobre sua sexualidade. “As músicas mostram a pessoa gay que eu me tornei”, falou.