Miley Cyrus e outros músicos se manifestam contra Trump em apoio a comunidade trans

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2017 15h08
Reprodução

A comunidade artística não gostou nada de saber que Donald Trump decidiu, nesta quarta-feira (26), não aceitar mais transgêneros nas Forças Armadas dos Estados Unidos. Nomes como Miley Cyrus, Demi Lovato, Sam Smith e JoJo foram às redes sociais criticar o presidente e dar seu apoio para a causa LGBT.

“Donald Trump é uma desgraça para o nosso país”, escreveu JoJo no Twitter. Miley Cyrus foi ao Instagram afirmar que estava com o coração partido e pediu para que Trump não apagasse o progresso do país.

“Estou de coração partido hoje. Por favor, não apague nosso progresso! Nós chegamos tão longe! Para nossos amigos transgêneros que precisam de alguém para conversar, não hesite em falar com @translifeline! Eles são parte da família @happyhippiefdn [fundação da cantora] e irão tomar conta maravilhosamente bem de vocês!”, comentou.

Sam Smith, que é britânico, deixou diversas hashtags pedindo proteção para os soldados transgêneros. Já Demi ressaltou todo o amor que sente pelos transgêneros e que eles têm o seu apoio.