Na ponta do lápis: "mangos" do Lollapalooza não escondem altos preços

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2015 19h22
Amanda Garcia/Jovem Pan

Toda a experiência de um festival de música como o Lollapalooza vai muito além da banda que está no palco. Entretanto, é preciso estar disposto a gastar. Na edição de 2015, que mais uma vez acontece no autódromo de Interlagos, a produção investiu nos chamados “mangos”.

O conceito é simples: a “moeda” própria do evento deve ser comprada em diversos caixas espalhados por todos os cantos da pista. Cada mango equivale a 2,50 reais. A taxa de câmbio é considerável, visto que um copo d’água sai por 2 mangos, ou seja, 5 reais.

A cerveja, artigo extremamente consumido por boa parte do público, custa 4 mangos. Parece pouco, mas o preço fecha em 10 reais.

Se o ingresso já não foi barato – o mais caro chegou a 660 reais -, os tais mangos terminam der salgar os preços. Na hora da conversão, a brincadeira acaba ficando mais cara, já que de mango em mango, a conta foge do controle.