“Não canto só funk”, diz Anitta em programa de TV; assista

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2015 17h07
Reprodução/ Facebook<p>"Eu poderia ser uma cantora de axé, de samba, de qualquer coisa", diz Anitta</p>

Nesta quarta-feira (29), a cantora Anitta participou do programa apresentado por Marisa Orth e desabafou mesmo na entrevista com a atriz. Desde sua origem humilde até o preconceito por ter estourado sua carreira cantando funk, a cantora falou ainda sobre as mudanças que a internet gerou no mundo da música.

“Eu sou de uma família muito humilde e, eu não sei hoje, mas antigamente, nessa época, que eu tinha dez anos, era muito caro e ter acesso a aprender música. Era absurdamente caro ter acesso a essas coisas e não tinha essa facilidade de, se você tem muita vontade, ir na Internet e ter várias coisas”, comentou a cantora.

“Eu acho que hoje em dia a internet ganhou um tamanho surreal, e a internet é um mundo fake. Se há cinco anos atrás você trabalhava um single a cada seis meses, agora você tem que trabalhar a cada três meses, porque as pessoas já querem uma novidade. Na internet você tem que estar ali, é muita gente e é muita coisa”, acrescentou Anitta. Sobre sua música, inclusive, ela revelou que só começou no funk porque foi descoberta por um produtor deste gênero musical.

Eu poderia ser uma cantora de axé, de samba, de qualquer coisa. Tudo tem seu lado bom e seu lado ruim na vida, entende? O funk também tem. Hoje, graças a Deus, eu consigo cantar outras coisas. Não canto só funk. Consegui fazer um CD onde eu canto de tudo um pouco”, disse a cantora, falando sobre seu terceiro CD de estúdio.

Assista aqui à entrevista:

<a href=”http://mais.uol.com.br/view/15557148″>Anitta fala sobre a carreira com Marisa Orth</a>