Noel Gallagher diz que foi chamado de nazista por ir contra novo referendo sobre o Brexit

Em entrevista ao jornal The Guardian, Noel Gallagher ainda tirou sarro do irmão, Liam

  • Por Jovem Pan
  • 06/08/2019 16h20
DivulgaçãoNoel Gallagher foi criticado por ter defendido que não fosse feito um novo referendo sobre o Brexit

O cantor Noel Gallagher revelou ter sido chamado de nazista por ter defendido que o Reino Unido deixasse a União Europeia após o resultado do referendo que confirmou o desejo da maior parte da população. Apesar de ser contra o Brexit, ele acredita que o resultado das urnas deve ser mantido.

“As pessoas começaram a me chamar de nazista. Eu pensei ‘sério? Eu sou membro do Terceiro Reich?'”, disse Noel Gallagher em entrevista ao jornal britânico The Guardian.

Na entrevista, o ex-Oasis disse achar “ridícula” a saída do Reino Unido da União Europeia, mas que um novo referendo seria terrível para a nação. “Se tiver um segundo referendo, nós nunca nos recuperaremos como nação. Temos que sair porque, não importa quão mal informadas as pessoas estavam, você está dizendo que o voto delas não importa”, explicou.

Treta com Liam

Noel Gallagher ainda aproveitou a entrevista para, como de costume, jogar mais lenha na fogueira da briga com o irmão, Liam Gallagher. Os dois são brigados desde 2009, quando o Oasis acabou.

O cantor afirmou que o show do irmão no Glastonbury foi uma das coisas mais vergonhosas que ele já viu. “Eu acho que nunca vou me sentir tão envergonhado por causa de um homem em toda a minha vida”, ironizou, dizendo que Liam acabou com as músicas do Oasis.

“Ele parecia estar tendo o pior dia da vida, andando com uma roupa que parecia o pijama do filho, gritando no microfone sobre uma suposta injustiça”, continuou Noel.

Nessa segunda-feira (5), Noel Gallagher lançou o single “This Is The Place”, faixa do EP homônimo, com lançamento anunciado para 27 de setembro.