"O preconceito acabou", comemora Buchecha ao falar do funk no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 01/01/2016 13h44
Reprodução/Instagram<p>Buchecha celebra sucesso do funk no Brasil</p>

Ao gravar sua participação no programa “Altas Horas”, que irá ao ar neste sábado (2), Buchecha teve muito para falar sobre a nova geração do funk, estilo musical que consagrou seus mais de 20 anos de carreira. E, de acordo com ele, os artistas atuais estão se saindo muito bem.

“Hoje é muito legal ver a Ludmilla disputando o Melhores do Ano e vencendo. Eu nunca imaginei que o funk pudesse chegar nesse patamar, mas que bom que o preconceito acabou”, disse o cantor.

Um dos pioneiros do funk melody, sendo referência para cantoras como Ludmilla e Anitta, Buchecha ainda brincou com a diferença de idade entre ele e os novos artistas. “Eles falam que ouviam o som de Claudinho & Buchecha na infância e eu fico me sentindo um tiozão. O tempo passou mesmo, estou com 41 anos”, brincou o artista.