Parabéns, Avril! Lembre as transformações da cantora com seus maiores clipes

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2017 15h36
Reprodução

Se você era adolescente nos anos 2000, certamente ouviu muito as músicas de Avril Lavigne. A dona dos hits “Complicated”, “Sk8r Boi”, “Girlfriend” e de um estilo que todos queriam copiar completa 33 anos nesta quarta-feira (27) e a data não pode passar despercebida.

E se Avril é conhecida por sua genética invejável que parece não envelhecer um dia sequer, a cantora já passou por transformações surpreendentes ao longo dos anos.

Afinal, a Avril do disco “Let Go”, de 2002, certamente não é a mesma de “Girlfriend”, de 2007. E quem não se lembra da surpresa ao vê-la deixando o rock pra trás e usando roupas cor de rosa?

As transformações foram grandiosas no estilo e na música de Avril Lavigne ao longo dos anos. E, para 2017, podemos esperar mais surpresa. A cantora já afirmou que está dando os toques finais em seu novo disco, que será o primeiro desde 2013. 

Para preparar e comemorar o aniversário de Avril, relembre suas maiores transformações com os clipes:

Era “Let Go” (2002)

Avril Lavigne despontava e chamava atenção de todos os cantos. Tudo era “novo” e interessante. Foi a fase mais marcante do rock, skate e o estilo que a marcou.

“Complicated”

“Sk8r Boi”

“I’m With You”


Era “Under My Skin” (2004)

A era de ouro continuava e Avril surgiu mais madura. Além de apostar um pouco mais no pop, sem abandonar o rock, a cantora investiu nos clipes do disco

“Don’t Tell Me”

“My Happy Ending”

“Nobody’s Home”


Era “The Best Damn Thing” (2007)

O retorno de Avril que surpreendeu a todos. Com o primeiro single, “Girlfriend”, ela mostrou que mudou mesmo: deixou o rock pra trás, se rendeu ao pop, músicas melosas e divertidas. Suas roupas? Agora são coloridas.

“Girlfriend”

“Hot”

“Keep Holding On”


Era “Goodbye Lullaby (2011)

A era seguinte à da grande transformação foi menos impactante. Avril mudou novamente, mas voltou mais para as raízes. Além das músicas dançantes e pop, a cantora voltou com o look e até algumas músicas mais sombrias.

“What The Hell”

“Wish You Were Here”

“Smile”

“Alice”


Era “Avril Lavigne” (2013)

O último disco foi uma verdadeira compilação de todas as eras anteriores. Temos a fase de Avril rockeira, dançante, colorida e sóbria.

“Here’s To Never Growing Up”

“Hello Kitty”

“Let Me Go”