Paul McCartney diz que assassino de Lennon é "idiota dos idiotas"

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2014 08h13
Reprodução<p>McCartney e Lennon no início dos Beatles</p>

O músico Paul McCartney  classificou o assassino de John Lennon, Mark Chapman, de “idiota dos idiotas”, em entrevista ao ITV, no último sábado (06). O cantor inglês revelou que ainda era amigo do pacifista, apesar da relação turbulenta do fim do grupo. “Costumávamos ligar um para o outro para trocar receitas de pão”, recordou.

Emocionado, McCarteney revelou ainda como recebeu a notícia do assassinato de Lennon. “Eu estava em casa quando ele morreu. Eu recebi uma ligação. Foi horrível.  Eu não conseguia aceitar que ele tinha partido. Foi muito chocante. Eu estava tão triste que não o veria mais e o cara que fez isso foi  o idiota dos idiotas. Ele (o assassino) não tinha motivação política para tal”, disse o ex- baixista do grupo inglês.

O atentado ocorreu em 1980, dez anos após o fim dos Beatles. Chapman foi condenado a prisão perpétua.