Paul McCartney se arrepende de não ter ajudado Amy Winehouse antes de sua morte

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2018 18h34
Reprodução/ Instagram

Três anos antes da trágica morte de Amy Winehouse, a cantora conheceu Paul McCartney pela primeira vez nos bastidores do European MTV Awards em Liverpool, mas os dois trocaram apenas um cumprimento – e isso perturba o ex-Beatle. Em entrevista à GQ, McCartney revelou que se arrepende de não ter ajudado Amy com seu vício em drogas.

“Conheci Amy Winehouse no corredor. Eu sabia que ela tinha um problema e eu acabei apenas dizendo ‘oi’, e ela me disse ‘oi’”, lembrou ao revelar o que realmente gostaria de ter feito.  

“Eu deveria ter corrido atrás dela para dizer o quanto ela era talentosa e algo que amenizasse seu desespero. Algo para ela se lembrar e pensar: ‘é, eu sou boa, e tenho uma vida inteira para levar’. Mas nós sempre temos esses pequenos arrependimentos”, lamentou. 

Amy Winehouse morreu por intoxicação alcoólica em julho de 2011. A batalha pessoal da cantora contra o vício em bebidas e drogas era conhecida no mundo da música.