P!nk rebate presidente da Academia que culpou mulheres por falta de prêmios no Grammy

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2018 09h08
Reprodução

O Grammy Awards 2018 premiou muito mais homens do que mulheres na noite do último domingo (28), o que causou um mal-estar entre os fãs na internet. Em entrevista polêmica, Neil Portnow, presidente da Recording Academy, disse que as mulheres precisariam “dar um passo” e foi criticado pela cantora P!nk.

A norte-americana escreveu uma carta de desabafo, afirmando que as mulheres não precisam dar passo algum, pois já estão fazendo isso desde sempre.

“As mulheres na música não precisam ‘dar o passo’ – elas estão fazendo isso desde sempre. Seguindo em frente e também sabendo que as mulheres arrasaram na música este ano. Elas têm sido sensacionais! E a cada ano antes deste. Quando nós celebramos e honramos o talento e as conquistas da mulher, e como as mulheres avançam a cada ano, mesmo com todos os obstáculos, nós mostramos a próxima geração de mulheres, garotas, garotos e homens o que significa ser igual, e como é ser justo”, desabafou.

Um dos momentos de maior polêmica no Grammy foi na categoria “Best Pop Solo Performance”, em que Pink, Lady Gaga, Kelly Clarkson, Kesha e Ed Sheeran concorriam. O britânico saiu vencedor e a escolha da academia acabou virando alvo de protestos nas redes sociais.