Segundo dia de Lollapalooza tem chuva, longas distâncias e boa música

  • Por Jovem Pan
  • 30/03/2015 00h00
Folhapress

O segundo e último dia de Lollapalooza, neste domingo (29), ficou marcado pela chuva que, prevista para sábado, deu as caras ao longo de toda a tarde e noite. O público não se abateu: vestiu capas de chuva e curtiu como se nada fosse.

Bastante organizado, o evento tem muitos pontos positivos: há boas atrações durante todo o lineup. Além disso, a diversão não se resume aos palcos: a culinária gourmet do “Chef Stage” e os foodtrucks são prova disso.

Tendas espalhadas pelo autódromo de Interlagos também diversificam a experiência, com redes para descanso, lounges, máquina para tirar foto, batalha de hip hop, djs de música eletrônica, barraca de maquiagem e tatuagem e mais.

Distância

O principal porém é um só: a distância entre os palcos. São muitas bandas, ok, mas o percurso é realmente longo e é preciso disposição para percorrê-lo.

Mais do que isso, o corre-corre em momentos de transição de grandes shows assusta pela quantidade de pessoas. Embora os horários tenham sido corrigidos em relação ao ano passado – com bandas mais espaçadas entre si -, ainda é complicado chegar pontualmente.

A sensação é de que o festival cresceu além da conta e a experiência como um todo fica falha para quem aprecia todos os tipos de música.

Infraestrutura

Quando levado em conta o tamanho do autódromo, a organização merece parabéns: muitas latas de lixo dão conta de boa parte da sujeira e os banheiros têm bom número. As filas para caixas e restaurantes são organizadas e têm bom fluxo.

Voluntários bem preparados sabem informar e tirar dúvidas, enquanto seguranças se fazem presentes em diversos pontos. O ambulatório também funciona e fica disponível para qualquer emergência.

A parte técnica, de som, não é comprometida pela ampla área e é possível curtir mesmo de longe com a ajuda dos telões.

Já o sinal de celular enfrenta dificuldades em vários pontos de Interlagos. Isso prejudica a postagem das – muitas – selfies que as pessoas tiram a todo momento nas redes sociais.

No palco

Não houve surpresa nos destaques absolutos da noite: Pharrell Williams e, mais cedo, Calvin Harris colocaram o público que chegou a 66 mil pessoas para dançar. Com performances enérgicas, fizeram valer qualquer tipo de contratempo.

As apresentações pop foram grande atrativo para os famosos, que compareceram em peso para prestigiar. Bruna Marquezine, por exemplo, foi vista aos beijos com Marlon Teixeira (veja o vídeo).