“Só acaba quando eu morrer”, diz Billy Corgan sobre Smashing Pumpkins

  • Por Jovem Pan
  • 06/06/2015 13h20
Reprodução/ Facebook

Vocalista e guitarrista dos Smashing Pumpkins, Billy Corgan declarou à revista Rolling Stone que a banda só termina quando ele falecer. “O Smashing Pumpkins morre quando eu morrer e talvez nem assim. Pode ser que minha sobrinha assuma a franquia quando eu estiver morto. Vivemos em uma era em que tudo está vivo e tudo está morto ao mesmo tempo”, filosofou o músico.

Há pouco tempo, William Patrick Corgan – ele deu chilique e disse que não é apenas ‘Billy’ – alegou que a existência da banda só estava garantida até dezembro de 2015. “Só estou comprometido com essa ideia de ‘The Smashing Pumpkins’ até o fim deste ano. Depois, vou ver como as coisas acontecem”, disse.

Atualmente, a banda faz uma turnê pelos Estados Unidos e Canadá ao lado de Marilyn Manson. O evento dos parceiros deve totalizar 23 shows e se chama “The Ends Time Tour” (“Turnê do Fim dos Tempos”, na tradução livre). 

O Smashing Pumpkins apresenta as músicas do mais recente disco, “Monuments to An Elegy”, lançado no fim de 2014.