Taylor Swift é acusada de agredir meio ambiente com clipe na Nova Zelândia

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2015 15h27
Reprodução/ Instagram<p>Clipe de Taylor Swift causa tumulto na Nova Zelândia</p>

O próximo clipe da Taylor Swift a ser lançado será o da música “Out Of The Woods”, que inclusive já está sendo gravado na praia de Bethells, na Nova Zelândia. Entretanto, a equipe de gravaçõs do vídeo vem causando certo tumulto no cenário paradisíaco da praia. A cantora está sendo acusado por veículos de imprensa locais de agredir alguns habitats naturais de espécies locais.

Segundo essas publicações, aves raras da região estariam sendo afetadas pela montagem do set de gravação do clipe. Em resposta, a Cherokee Films, produtora responsável pelas filmagens, negou quaisquer violações nas regras para que o local fosse utilizado como cenário.

“Taylor Swift e sua equipe não transgrediram ou violaram licenças. A equipe de filmagem não esteve sequer próximo a este habitat. Nenhum borrelho-ruivo foi prejudicado”, diz a nota oficial divulgada pela produtora. Ainda de acordo com o texto, a base foi montada apenas depois de permissão concedida e pagamento de taxa.

“A equipe só circulou por áreas liberadas pelas autoridades de Auckland”, acrescenta a nota. “A Cherokee Films irá fazer uma doação ao programa de reprodução das aves já que apoiamos a sua preocupação”, finaliza o comunicado.

Entretanto, segundo Sandra Coney, representante da área protegida, a autorização concedida à equipe de Taylor permitia que apenas dois veículos circulassem pelo local, e não doze. Nós abraçamos a atividade econômica se ela não deixar consequências, mas Taylor não respeitou o ambiente e as condições do consentimento”, escreveu a representante em suas redes sociais.