Toca Raul! Veja 7 músicas essenciais para entender o Maluco Beleza

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2015 08h37
Folhapress

Em 28 de junho de 1945, Raul Seixas nascia em Salvador para ser um dos criadores do rock brasileiro. 

Raulzito misturou Luiz Gonzaga, Elvis Presley e Beatles para criar a sua identidade e conseguiu fãs em todos os lugares do país. 

O artista morreu em 21 de agosto de 1989, há quase 26 anos, devido a complicações pelo constante consumo de álcool. A crise, inclusive, foi retratada em algumas músicas, como “Canceriano Sem Lar”.

Confira sete músicas para entender a carreira de Raul.

1. Pastor João e Igreja Invisível
Marcelo Nova, outro baiano fã incondicional de Raul, decidiu que deveria levantar a moral do amigo que andava tristonho no fim da década de 1980. Pouco antes da morte de Raul, os dois rodaram o Brasil com o disco “A Panela do Diabo” (1989). 

2.Canceriano Sem Lar 
Faixa do disco “Uah Bap-Lu-Bap-Lah-Béin-Bum!” (1987) já indica: Raulzito era um viciado em tratamento na Clínica Tobias. A música, cuja a letra é bem triste, tem um alto astral.

3.Caubói Fora da Lei 
O músico baiano começou a carreira como cover de Elvis Presley, mas depois aderiu os ritmos nordestinos com o Rock’n’Roll. Outros elementos da cultura norte-americana, como os gibis de caubói e histórias do pistoleiro Durango Kid, foram condensadas nesta divertida canção.

4.Ouro de Tolo 
Na faixa bônus do “Krig-há, Bandolo!” (1973) há um mini resumo da vida do baiano Raul no eixo Rio-São Paulo, onde veio vender seu trabalho para a música fonográfica. Deu certo.

 

5. Canto Para Minha Morte
Morte, vida, bruxaria e história de outras civilizações são temas recorrentes da parceria do Maluco Beleza com o escritor Paulo Coelho. Dos rocks, tem até um bolerinho:

6.Carimbador Maluco
A incrível música de Raul Seixas para crianças é, na verdade, uma grande crítica para a burocracia brasileira.

7. Você Ainda Pode Sonhos
Versão de “Lucy Sky With Diamonds”, clássico dos Beatles, foi um dos sucessos de Raulzito e os Panteras, uma das primeiras bandas do jovem Raul que, na época, tinha 22 anos.