Após Jay-Z, Miley Cyrus cancela show no Woodstock 50 e festival pode nem acontecer

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2019 09h40
ReproduçãoFestival que pretende comemorar os 50 anos de Woodstock está com sérios problemas na organização

A edição de 50 anos do festival Woodstock está com sérios problemas de organização e, como consequência, Miley Cyrus entrou para a lista de artistas que pularam fora do evento.

Miley anunciou nesta terça-feira (30) que não participará do Woodstock 50. De acordo com a Varity, além dela, já cancelaram suas participações as bandas Raconteurs, The Lumineers, John Sebastian e Country Joe McDonald – esses dois últimos integrantes do festival original. Na semana passada, Jay-Z, Dead & Co. e John Fogerty também cancelaram seus shows no W50.

Dentre os artistas principais, grande parte já cancelou suas apresentações, com exceção do Imagine Dragons e o The Killers. Entretanto, o evento não consta em suas agendas oficiais, segundo a revista americana.

Anunciado em março, o Woodstock 50 está com problemas desde o início. Um mês após ser confirmado, a principal empresa investidora do evento avisou à imprensa que não estava mais envolvida no projeto pois a produção não correspondia “à altura da marca Woodstock”.

Logo após, o festival teve uma mudança de local: de Watkins Glen, em Nova York, para Merriweather Post Pavilion, perto de Baltimore. Os atritos entre público, artistas e organização começaram a partir daí. A Justiça de Nova York também entrou na polêmica com uma ordem judicial proibindo o cancelamento do evento.

Ainda assim, as redes sociais do Woodstock 50 seguem ativas e divulgando o evento. Se de fato acontecer, pode haver mais uma grande alteração. Ao invés de três dias (de 16 a 18 de agosto), o W50 poderá contar apenas com um (16 ou 18 de agosto).