O caso Alexandre Borges: dá para ter pena de celebridades sem noção?

  • Por Jovem Pan
  • 17/09/2016 18h03
Divulgação/Globo Alexandre Borges

Celebridades não aprendem. Se mesmo quando estão atravessando a rua ou fazendo compras no supermercado elas são alvo da perseguição de fotógrafos, o que as faz acreditar que seus momentos menos inocentes – uma traição, uma bebedeira, uma esbórnia – estão a salvo dos curiosos?

Neste fim de semana, o ator Alexandre Boges foi a vítima do vazamento de imagens suas na internet. Desde a última sexta (16) circulam na redes sociais dois vídeos em que o ator aparece bem à vontade em uma “festinha”.

É claro que quem filmou e publicou o vídeo não tem o menor escrúpulo. É claro que violações da intimidade desse tipo são uma agressão.

Vale ressaltar: solteiro desde 2015, Borges faz o que bem entender de sua vida. Além disso, nas filmagens não é possível distinguir se ele percebe que está sendo filmado ou não. Mas é difícil se solidarizar com um ator que a esta altura da era das celebridades e das redes sociais não entende os riscos de se expor dessa forma. Ainda mais quando tem família – essa sim uma vítima totalmente inocente desse tipo de situação.

O fato acontece praticamente na mesma semana em que outro ator, Paulo Zulu, teve uma foto sua nu divulgada em seu perfil do Instagram.

A foto foi deletada na sequencia. Zulu afirma que sua conta na rede social foi hackeada e que irá entrar com as medidas legais para resolver o problema.

Os casos são diferentes. Se a versão de Zulu está correta, ele foi vítima de uma invasão. Borges foi vítima da imprudência – e nem percebeu que ao fundo estavam tocando “Malandramente”…

Ambos engrossam uma lista comprida de celebridades que foram prejudicadas com vazamentos e “flagras”. Adnet, Carolina Dieckmann, Stênio Garcia, Jennifer Lawrence. Nada contra o nude, muito menos contra a farra, mas não será hora de tomar mais cuidado?

Adultos descuidados se machucam – e às vezes machucam quem não queriam. Depois só resta ter raiva e chorar.