“O mais importante é fazer as pessoas rirem”, diz Jennifer Aniston

  • Por Agencia EFE
  • 30/12/2014 17h31
A atriz Jennifer Aniston esteve em Londres para divulgar o filme "Quero Matar Meu Chefe 2"

Jennifer Aniston considera que o mais satisfatório de sua carreira “é fazer as pessoas rirem”, segundo disse a atriz em Londres, onde promove seu novo filme, “Quero Matar Meu Chefe 2”

“Para mim, como para outros muitos atores, o mais importante é fazer as pessoas rirem e esquecerem de seus problemas…ter um sorriso é realmente gratificante. Eu penso que rir cura”, disse a atriz americana.

Aniston, que ganhou fama ao protagonizar a popular série televisiva “Friends”, esteve em Londres com seus companheiros de elenco Jason Bateman, Charlie Day e Jason Sudeikis, para promover a nova saga do filme que estreou em 2011.

Nesse primeira filme, os três grandes amigos, cansados de aguentar seus chefes, decidem organizar um plano para matá-los, sem contemplar as consequências de uma decisão tão radical.

Nesta segunda parte, dirigida pelo americano Sean Anders, os três amigos Nick (Bateman), Dale (Day) e Kurt (Sudeikis), decidem criar um negócio e ser seus próprios chefes, mas um investidor, a quem dá vida Christoph Waltz, os engana e coloca seus planos a perder.

Jennifer Aniston aparece de novo no papel de Julia Harris, uma atrativa dentista viciada em sexo, chefe de Dale, e que neste filme também dificultará a vida do trio de amigos.

“Foi simples me colocar no papel de Julia de novo, quando colocamos a roupa e a peruca é como colocar uma fantasia que diz muito de mim mesma”, explicou Aniston.

Após ser traídos pelo investidor (Waltz), os três inseparáveis amigos, desesperados e sem recursos legais, optam por sequestrar o filho do investidor e pedir um resgate por ele.

No entanto, a “ideia perfeita” parece não funcionar quando o filho do milionário, que é vivido por Chris Pine, se revela contra eles dando um giro radical na história.

Além disso, a provocativa doutora Harris será um obstáculo para os três amigos, que se veem encurralados por ela e por suas estranhas reuniões de viciados em sexo que realiza a noite em sua clínica dental.

“Todas as sequências foram divertidas de gravar, mas se tivesse que escolher uma, a cena do grupo de anônimos viciados em sexo foi bastante divertida”, assegurou Aniston.

Outro momento “peculiar” do filme é quando Julia chega ao quarto de um hotel no qual estão os três amigos terminando seu “profissional” plano de sequestro.

A doutora Harris aparece com uma vestimenta muito sensual e um colar muito chamativo, mas que na realidade era um acessório muito diferente, pois se tratava de um anel para pênis.

“Ninguém sabia que era o colar realmente e foi muito divertido. Quando as meninas de vestiário me trouxeram, eu não sabia do que se tratava”, disse Aniston.

Para os três atores esta cena também foi muito cômica, pois “a conversa foi fantástica…e sobretudo quando de repente chegou minha mulher com as crianças e me viu com minha chefe” na ficção, disse à entre risos Charlie Day, que também esteve em Londres.

Sobre a experiência de trabalhar com Aniston, Sudeikis assegurou que “foi muito fácil trabalhar com ela, é uma profissional incrível, muito amável e uma pessoa encantadora, além de uma mulher muito bonita…é genial”.

Após a popularidade de “Friends”, Aniston, de 45 anos, atuou em várias filmes românticos, como “O Amor Acontece” e “Caçador de recompensas”.