Participante do MasterChef rebate boato e diz não ser cozinheira profissional

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2017 17h35
Participante do MasterChef garante não ser cozinheira profissional

A catarinense Ana Luiza Teixeira se defendeu na noite da última sexta-feira (19), após a colunista Keila Jimenez, do R7, informar que a produção do MasterChef descobriu que a participante já trabalhou como cozinheira profissional, ferindo as regras do programa, e que ela teria sido eliminada por conta disso.

Segundo ela, o boato não passa de uma mentira e criticou o jornalismo brasileiro, que não apura os fatos antes de reproduzir a notícia na internet.

“Eu devo uma resposta a todos que acompanham o Masterchef e principalmente aqueles que torcem por mim. Por isso, venho aqui esclarecer que por mais que seja um sonho antigo trabalhar profissionalmente com cozinha, eu nunca tive esse prazer e isso só vai se tornar realidade por conta do Masterchef, que é um outro sonho, porém verdadeiro. As pessoas são más e precisam criar histórias como essa para justificar seus erros e suas frustrações. Não guardo surpresa em atitudes como essa, guardo pena. Surpresa fiquei, ao ver o quanto o jornalismo brasileiro consegue ser amador e reproduzir mentiras de maneira industrial sem ao menos apurar os fatos ou tentar esclarecê-los junto a mim. Uma pena”, escreveu.

De acordo com a publicação, a descoberta da produção teria causado confusão entre os participantes e logo na prova seguinte, Ana teria sido eliminada numa das provas. O reality show é previamente gravado.

Eu devo uma resposta à todos que acompanham o Masterchef e principalmente aqueles que torcem por mim. Por isso, venho aqui esclarecer que por mais que seja um sonho antigo trabalhar profissionalmente com cozinha, eu nunca tive esse prazer e isso só vai se tornar realidade por conta do Masterchef, que é um outro sonho, porém verdadeiro. As pessoas são más e precisam criar histórias como essa para justificar seus erros e suas frustrações. Não guardo surpresa em atitudes como essa, guardo pena. Surpresa fiquei, ao ver o quanto o jornalismo brasileiro consegue ser amador e reproduzir mentiras de maneira industrial sem ao menos apurar os fatos ou tentar esclarecê-los junto a mim. Uma pena.

Uma publicação compartilhada por Ana Luiza Teixeira (@analuizateixeira) em