Quino: “Espero que o Príncipe das Astúrias me convide para uma tortilha”

  • Por Agencia EFE
  • 21/05/2014 18h34

Buenos Aires, 21 mai (EFE).- Joaquín Salvador Lavado Tejón, “Quino”, novo Príncipe das Astúrias da Comunicação e Humanidades, afirmou nesta quarta-feira que espera que o príncipe espanhol Felipe de Bourbon “me convide para uma tortilha” para celebrar a concessão da principal honraria cultural da Espanha.

“Não me ligou. Espero que me convide para comer uma tortilha”, brincou hoje Quino em resposta a perguntas da imprensa sobre se tinha recebido uma ligação do herdeiro da Coroa espanhola.

O “pai” de Mafalda se transformou hoje no primeiro ilustrador a ser distinto com o Príncipe das Astúrias, uma notícia que recebeu “muito contente” e “surpreendido”, declarou em entrevista coletiva em Buenos Aires.

“Geralmente ganhamos prêmios quando já estamos cansados, seria melhor se nos dessem quando somos jovens”, disse Quino, de 81 anos.

O cartunista, natural da província argentina de Mendoza e filho de imigrantes andaluzes “com muito senso de humor”, mostrou sua satisfação por receber da Espanha um prêmio que remete diretamente a sua família.

“Em minha casa se falava andaluz, eu também”, lembrou Quino, que atribuiu parte do êxito internacional de seu personagem mais popular, Mafalda, às influências do ambiente de imigrantes que viveu em sua infância.

Além disso, o cartunista cresceu “muito interessado no que acontecia no mundo todo”, observando com detalhe o que ocorria através das páginas de jornais e revistas.

“Não sei que diria agora (Mafalda)” sobre o prêmio, admitiu Quino, que se mostrou surpreso ao saber que foi o primeiro ilustrador a receber o Príncipe de Astúrias. EFE

ngp/rsd