Robin Williams apresentava sinais de demência, aponta autópsia

  • Por Jovem Pan
  • 11/11/2014 16h14
EFE

Depois de três meses após sua morte, a autópsia de Robin Williams concluiu que o suicídio do ator foi causado por uma doença chamada Demência com Corpos de Levy. O TMZ obteve acesso a documentos comprovando o distúrbio mental.

Demência com Corpos de Levy é uma condição comumente associada ao Mal de Parkinson e as pessoas que sofrem das duas doenças geralmente têm efeitos colaterais severos por conta dos medicamentos.

Entre os efeitos colaterais, o mais comum são as alucinações. Fontes próximas à família de Williams disseram ao TMZ que acreditam que a demência foi a principal responsável por levar o ator ao suicídio.