Secretaria do Rio começa campanha de valorização de monumentos

  • Por Agencia Brasil
  • 09/01/2014 13h45

Rio de Janeiro – À pouco mais de um ano para a capital fluminense completar 450 anos, a Secretaria Municipal de Conservação iniciou hoje (9) uma série de ações para valorizar monumentos históricos da cidade. Segundo a Secretaria, o objetivo é conscientizar os cariocas e os turistas sobre a importância da preservação desses locais.

O evento, que marcou o lançamento da campanha, ocorreu na manhã desta quinta-feira no monumento em homenagem a Estácio de Sá, fundador da cidade do Rio, localizado no Parque do Flamengo, na zona sul. O monumento, em forma de pirâmide, passou por uma limpeza simbólica e baldes de água foram jogados sobre ela.

De acordo com o secretário municipal de Conservação, Marcus Belchior, o ato simboliza uma convocação para que os cariocas comecem a preservar os monumentos históricos, que segundo ele, contam a história da cidade. Em 25 de dezembro, a estátua do poeta Carlos Drummond de Andrade, na Praia de Copacabana, foi pichada por um casal.

Leia outras notícias em Cultura

“Os cariocas precisam sair em defesa do seu patrimônio, que representa a história da cidade do Rio de Janeiro. Essa cidade que já foi capital da República, em alguns momentos representa a própria história do Brasil. E nada mais justo do que iniciar essa campanha no monumento dedicado a Estácio de Sá, que foi o fundador da cidade maravilhosa. Ele representa muito mais do que isso, ele representa o espírito carioca”, disse Belchior.

O secretário também ressaltou a importância histórica do fundador do Rio. “Estácio de Sá ficou, depois da fundação da cidade, um período de dois anos defendendo [a cidade] da invasão francesa, que estava baseada às margens da Baía de Guanabara. Esse zelo com a cidade nós queremos expandir para todos os cariocas”, concluiu o secretário.

O presidente do Comitê Rio450, criado para planejar as comemorações do aniversário da cidade, Marcelo Calero, informou que os moradores da cidade ajudarão a construir o calendário comemorativo dos 450 anos, que começa em 31 de dezembro deste ano e encerra no dia 1º de março de 2016.

“As comemorações de 450 anos do Rio servem, também, para que as pessoas olhem um pouco para a história e a trajetória da cidade. Por isso, o calendário de comemorações será recheado com iniciativas, projetos e atividades que a população do Rio vai sugerir”, disse Calero. As sugestões de ideias para as comemorações de 450 anos da cidade do Rio, podem ser feitas no site, www.rio450anos.com.br .

Edição: Marcos Chagas