Secretaria nega redução do número de blocos de rua no carnaval do Rio

  • Por Agencia Brasil
  • 24/01/2014 15h48

A Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro informou nesta sexta-feira (24) que não haverá redução do número de blocos de rua neste carnval. No ano passado, desfilaram pela cidade 492 blocos, mas o prefeito Eduardo Paes tinhar dito que, neste ano, o número diminuiria, para evitar depredação de prédios e espaços públicos na cidade.

Para tentar atender à demanda dos mais de 5 mil foliões esperados na cidade em março, serão instalados 21 mil banheiros químicos, um aumento de 33% em relação ao total do ano passado. Também está prevista a instalação de oito postos médicos no centro e nos bairros de Ipanema e Copacabana, além da disponibilização de 80 ambulâncias de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) móvel.

Entre as novidades deste ano, estão a identificação dos 5 mil vendedores ambulantes credenciados para trabalhar no período, que vão usar coletes numerados e credenciais com nome e foto. Cerca de 1,5 mil controladores de tráfego vão atuar nas ruas.

A prefeitura informou ainda que vai proteger 12 monumentos localizados ao longo das vias por onde passarão os foliões, bem como canteiros e jardins nos pontos de maior concentração de desfiles, em um total de 12 mil metros de cercamento lineares.