Segundo biógrafo, Courtney Love tinha dúvidas sobre suicídio de Kurt Cobain

  • Por Jovem Pan
  • 08/08/2015 19h48

Foto antiga compartilhada por CourtneySegundo biógrafo

Em meados de 1994, o músico Kurt Cobain do Nirvana foi encontrado morto com um tiro na cabeça e uma dose letal de heroína em seu organismo. A tragédia é uma das mais marcantes da história da música mundial, já que o rockeiro estava no auge de sua carreira.

Casado com Courtney Love, o casal sempre foi alvo de muitas polêmicas, principalmente pelo uso de drogas. Segundo David de Sola, responsável pela biografia “Alice In Chains: The Untold Story”, a cantora não tinha plena certeza sobre o suicídio de Kurt e chegou a ir atrás de Layne Staley, do grupo Alice in Chains, para descobrir se ele sabia alguma coisa, provavelmente porque os músicos frequentavam os mesmos lugares.

“Ela estava procurando por ele porque sabia que os dois eram amigos e queria descobrir o que tinha acontecido nos últimos dias, ela insinuou que não estava feliz com o desfecho de que aquilo tinha sido um suicídio. Ela achava que existia algo além e queria ir atrás de Layne para ter uma conversa com ele”.

Ainda de acordo com o livro, o próprio Stanley, que também veio a falecer em 2002 por overdose, tinha dúvidas sobre o ocorrido.
“Ele mencionou várias vezes que nunca acreditava nisso e, não só logo depois da morte, mas também anos depois. Ele ainda lembrava e acreditava que aquilo não era algo do Kurt”, afirmou Jim Elmer, padrasto do músico.

Nesta semana, um documentário sobre o músico será lançado nos cinemas dos Estados Unidos, “Montage Of Heck”. Um dos vídeos inéditos acabou não entrando na montagem do filme, mas foi divulgada, nele Kurt aparece reclamando de seus conhecidos problemas estomacais.

Confira aqui: