“Todos os personagens de José Wilker foram marcantes”, diz Walter Negrão

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2014 12h47
“Todos os personagens de José Wilker foram marcantes”

Para o diretor Walter Negrão, é difícil pontuar apenas um personagem de destaque na trajetória de José Wilker, que morreu na manhã deste sábado (5). Por essas e outras, em entrevista à Jovem Pan, ele lamentou a perda do ator.

“Tive a oportunidade de vê-lo no começo da carreira na peça O Arquiteto e o Imperador da Síria. Na TV nos conhecemos quando ele fez a novela Cavalo de Aço, acho que em 1974. Foi nosso primeiro trabalho juntos. Ele era muito jovem e já muito talentoso. Todos os personagens que fez foram muito marcantes. É uma grande perda para a TV, o cinema e o teatro brasileiros”, disse.

“Além de tudo, era um homem muito culto. Vivia em um universo em que as pessoas têm pouco tempo para continuar estudando, mas nunca parou e sempre se interessou muito por tudo. Era inteiramente dedicado à profissão. Por isso, ele tinha uma grande facilidade sobre os novatos, que tremiam na frente dele. Não tinha medo de concorrência. Confiava no seu taco”, finalizou.

José Wilker morreu na manhã deste sábado (5), aos 66 anos, no Rio de Janeiro. As informações são da emissora Globo News, que afirmou que ele sofreu um infarto fulminante em sua casa.