“Trump como presidente seria o fim do mundo”, diz Jennifer Lawrence

  • Por Jovem Pan
  • 01/10/2015 15h37

Cartazes finais de "Jogos Vorazes: Esperança - Parte 2"

Cartazes finais de "Jogos Vorazes: Esperança - Parte 2"

Em um bate papo entre os três protagonistas da franquia “Jogos Vorazes”, um dos assuntos mais polêmicos de 2015 acabou entrando em pauta: a candidatura de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos. Por fim, a conclusão de Jennifer Lawrence, Liam Hemsworth e Josh Hutcherson foi que não seria nada bom.

Segundo a “Entertainment Weekly”, os atores, que nos quatro filme da saga “Jogos Vorazes” enfrentam situações para lá de adversas, não acreditam na possibilidade do magnata se tornar líder dos Estados Unidos.

“Se Donald Trump fosse presidente, seria o fim do mundo”, disse Jennifer Lawrence. E ela foi apoiada por Liam, que interpreta o Gale na série de quatro filme.

Enquanto isso, Josh Hutcherson (o Peeta) até duvida de que a candidatura seja real, sendo a verdade golpe de publicidade do empresário, que comandou a edição americana do programa “Aprendiz”. “Eu realmente acredito que essa televisão de realitys chegou no último lugar possível e agora coisas assim podem ser apenas para entretenimento”, disse J Law.

“Eu estava o assistindo uma campanha outro dia e um cara disse ‘eu amo Donald Trump porque ele está dizendo tudo o que eu estou pensando e não posso falar por causa do fator politicamente correto’. E eu penso ‘totalmente correto. Esse é quem irá representar me país, alguém politicamente incorreto. Isso será perfeito’”, desabafou ainda a triz.