“Achei que fosse morrer um dia antes do nascimento da Manuela”, diz Eliana

  • Por Jovem Pan
  • 27/10/2017 11h29
Reprodução/ InstagramEliana revelou medo durante a gestação da filha em entrevista que vai ao ar em seu programa

Depois de enfrentar uma gravidez de risco, Eliana deu à luz Manuela há quase 2 meses e já está pronta para voltar a apresentar seu programa no STB. Para o programa de retorno deste domingo (29), a apresentadora deu uma entrevista a Roberto Cabrini e falou abertamente sobre o medo que sentiu durante a gestação.

“Eu achei que fosse morrer um dia antes do nascimento da minha filha. Eu tive um surto, um medo”, diz Eliana na reportagem. Forçada a ficar em repouso por conta do deslocamento da placenta, a apresentadora contou que a ajuda da mãe foi essencial.

“Eu ficava deitada observando diferente de anos e anos de vida quando as pessoas me observavam. O ângulo da minha vida mudou. Apesar de todo o medo, apesar de toda tristeza, foi muito bom ter ficado no colo ca minha mãe… Se não tivesse ela por perto, se não tivesse a benção de ter sido mãe pela primeira vez do Artur (…) talvez não conseguisse passar por tudo isso sorrindo e tendo coisas boas para contar”, avalia Eliana.

A apresentadora ainda contou que a mãe e o noivo, Adriano Ricco, fizeram promessa para que tudo corresse bem na gestação e, emocionada, ela lembrou do aborto espontâneo que sofreu há um ano.

“Eu perdi um bebê. Aprendi que a gente não tem controle de nada, que a gente não é nada e que quando a gente está feliz é bom aproveitar cada instante porque a gente não sabe quanto essa felicidade vai durar”, diz.

“O dia que voltei pra casa, depois de quase cinco meses, ela [mãe] pegou a estrada com meu noivo e foi para Aparecida agradecer e levou a toquinha que a Manuela usou”, lembrou.