Coronavírus deve causar prejuízo milionário a ‘Mulan’; entenda

  • Por Jovem Pan
  • 04/03/2020 08h04
Divulgação"Mulan" estreia no dia 27 de março

O aguardado live-action de “Mulan” pode ter uma perda considerável nas bilheterias devido ao surto de coronavírus na China. A data de lançamento, prevista para 27 de março, foi adiada indefinidamente no país, que fechou quase 70 mil cinemas até ao menos abril.

O orçamento para o longa foi acima dos 200 milhões de dólares, o mais caro da Disney até aqui. Ao Yahoo Finance, o analista Paul Dergarabedian, da Comscore, explicou: “A China representa uma fatia considerável da arrecadação internacional de um filme”. Ele completou dizendo que a produção deve ser lançada, em algum momento, no país, mas que o dano pode ser irreversível.

O longa, dirigido por Niki Caro, tem um elenco completamente asiático, liderado por Liu Yifei no papel principal. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, ela expressou preocupação: “É muito pesado pensar sobre isso [epidemia do coronavírus]. (…) Estou esperando por um milagre.”